Carregando...
Jusbrasil - Legislação
22 de agosto de 2019

Decreto 6110/75 | Decreto nº 6.110, de 5 de maio de 1975

Publicado por Governo do Estado de São Paulo (extraído pelo Jusbrasil) - 44 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Dispõe sobre concessão da Medalha "Valor Cívico" Ver tópico (3 documentos)

PAULO EGYDIO MARTINS, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições legais e, Considerando que a campanha de vacinação contra a meningite, nas regiões da Grande São Paulo e da Baixada Santista, no período de 22 a 26 de abril, constituiu verdadeira campanha de civismo;

Considerando que a imprensa, rádio e televisão, contribuíram eficazmente para mobilização popular, em virtude da completa integração dos veículos de divulgação na estratégia geral da campanha;

Considerando, assim, que os profissionais da comunicação social desempenharam papel relevante na conscientização do povo sobre a necessidade de se vacinar contra a doença;

Considerando também a colaboração dos empresários da área das comunicações, que facultaram a veiculação das mensagens esclarecedoras do público;

Considerando, afinal, que o entrosamento entre dirigentes e profissionais explica em grande parte o êxito do programa de imunização nas duas regiões abrangidas,   Decreta:

Artigo 1 º - E concedida a Medalha Valor Cívico de 3.ª Categoria, instituída pela Lei nº 3.454, de 17 de agosto de 1956, com as alterações introduzidas pelo Decreto-lei de 24 de março de 1970 e nos termos do artigo 13 do Decreto número 52.455, de 19 de maio de 1970, aos senhores: Fiori Gigliotti, Vicente Leporace, Hélio Ribeiro, João Salvador Peres, José Peres, Samir Razuk, Murilo Leite, Darcy Reis, Fernando Solera, Aristides Chacon Molina, Xenia Bier, Maria Tereza Gregori, Branca Ribeiro, Claudio Marques, João Saad, Ney Costa, José Abelardo Barbosa de Negreiros, Gilberto Saad, Paulo Machado de Carvalho, Edson Leite, Março Antônio Gomes, José Carlos Pereira, Fausto Canova, Osmar Santos, Ney Gonçalves Dias, Fernando Vieira de Mello, Antônio Augusto Amaral de Carvalho, Wilson Fittipaldi, Raul Gil, Milton Peruzzi, Alfredo Borba, Março Aurélio Rodrigues da Costa, Fernando da Silva, Rubens Fabres Wagner, Waldemar dos Santos, Nidia Licia, Irineu de Carli, Julio Lerner, Edgar de Souza, Gil Gomes, Neder Adib, Edmundo Monteiro, Antônio Guzman, José Armando Cavalcanti, Silvio Santos, Lourenço Diaféria, Ferreira Neto, Antônio Aggio Júnior, Boris Casoy, Otávio Frias de Oliveira, Gilberto Di Pierro, Roberto Hirao, Plínio Marcos, Ebrahim Ali Ramadan, Armando Ferrentini, Walter Abrão, Orlando Duarte, Augusto de Oliveira, Júlio Mesquita Neto, Oliveiros S. Ferreira, Murilo Felisberto, Ênio Pesce, Rui Mesquita, Paulo Mário Mansur, Wanderley Cardoso, Emerson Fittipaldi, Milton Camargo, Haroldo Fernandes, Luís Aguiar, Barros de Alencar, Antônio Aguilar, Hebe Camargo, Ayrton Rodrigues, Renato Aragão, Cleyde Yaconis, Tito de Miglio, Fernando Severino, Walter Foster, Orlando Negrão, Nelson Cunha Azevedo, Goulart Andrade, Dorival Batista de Seta, Padre Ângelo Lucas Caravina, Alexandre Kadunk, Carlos Zara, Luís Edmundo Borghert, Carlos Maia de Souza, Nello Ferrentini, Mário Romano, Luís Guimarães, Renato Correia de Castro, Paulo Mário Carneiro da Cunha Mansur, João Leite Neto, Sérgio Roberto, Guilherme Queirós, Laerte Mangini, José Carlos Pace, Regina Duarte, Criança Símbolo da  A. A. C. D., Oscar Cesar Leite, Renato Bonfim, Roberto Orosco, Don Evaristo Arns, Antônio Petrim, João Leiva Filho, Antônio Marcos, Darcy Penteado, Ligia Fagundes Telles, Lima Duarte, Carmem Prudente, Gilmar dos Santos Neves, Eder Jofre, Juca de Oliveira, Denise Alves e Henrique Martins. Ver tópico

Artigo 2 º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Ver tópico

Palácio dos Bandeirantes, 5 de maio de 1975.

PAULO EGYDIO MARTINS

Péricles Eugênio da Silva Ramos, Respondendo pelo Expediente da Casa Civil Publicado na Casa Civil, aos 5 de maio de 1975. Maria Angélica Galiazzi, Diretora da Divisão de Atos do Governador

Péricles Eugênio da Silva Ramos, Respondendo pelo Expediente da Casa Civil Publicado na Casa Civil, aos 5 de maio de 1975. Maria Angélica Galiazzi, Diretora da Divisão de Atos do Governador

×

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)