Carregando...
JusBrasil - Notícias
20 de novembro de 2014

CDHU vai entregar mais de quatro mil moradias neste mês em SP

Publicado por Governo do Estado de São Paulo (extraído pelo JusBrasil) - 5 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Mais de 4 mil famílias de baixa renda no Estado de São Paulo vão passar o Natal em casa nova. Este mês, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) vai entregar 4.475 novas moradias em 25 municípios, incluindo a capital. As entregas começaram a ser feitas no final de novembro, com a inauguração de 294 apartamentos no bairro Cidade Tiradentes, na zona leste paulistana. Ainda na cidade de São Paulo, 1.670 imóveis serão entregues até o final do ano.

Assim, a CDHU fechará o ano com mais de 22 mil atendimentos, incluindo novas residências e obras de urbanização. As famílias beneficiadas têm renda entre um e dez salários mínimos, a maioria com rendimentos até três salários. Para que possam ter acesso à casa própria, a CDHU oferece subsídio no valor do imóvel. A menor prestação, para famílias que ganham um salário mínimo, é de R$ 62,50, com financiamento em 300 meses.

No final do financiamento, o mutuário receberá a escritura do imóvel. Para isso, a Secretaria de Estado da Habitação adotou algumas providências. A primeira foi estabelecer que as moradias construídas com recursos públicos somente serão entregues regularizadas e averbadas. A segunda foi a reestruturação do Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais do Estado de São Paulo (Graprohab). Esta iniciativa desburocratizou e tornou mais rápida e transparente a tramitação de projetos de parcelamento do solo para fins residenciais e de núcleos habitacionais, com prazos rígidos para a tramitação dos projetos, no intuito de facilitar a aprovação de empreendimentos habitacionais pelos órgãos estaduais responsáveis.

Cidade Legal - Em terceiro lugar, para auxiliar as prefeituras na regularização de imóveis já construídos, foi lançado o Programa Estadual de Regularização de Núcleos Habitacionais Cidade Legal, ao qual mais de 120 municípios já aderiram, beneficiando 1,7 milhão de pessoas no Estado.

A CDHU vai iniciar 2009 com 70 mil imóveis em canteiros de obras em todo o território paulista. Todos foram projetados de acordo com novo modelo, tamanho e padrão de acabamento. Quase a metade deles terá três dormitórios para atender famílias mais numerosas. A inclusão de plantas maiores no portfólio da companhia ocorreu em 2007, após pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) indicar a preferência de potenciais mutuários. Segundo os entrevistados, a principal melhoria desejada foi o dormitório adicional.

O padrão de acabamento foi aperfeiçoado para propiciar durabilidade, conforto e segurança aos moradores. Todo cômodo é revestido de piso cerâmico, e a cozinha e o banheiro são azulejados até o teto. As casas tiveram o pé-direto ampliado de 2,4 metros para 2,6 metros. Dispõem de laje, rodapé, cobertura na área de serviço e muro divisório.

Projeto ambientalmente sustentável

Inovações também foram aplicadas para contribuir com a redução do consumo de recursos naturais e preservação do meio ambiente. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) instalou sistema de aquecimento solar para chuveiro em casas e apartamentos. Em edifícios, a medição do consumo de água será individualizada. A companhia substituiu a madeira na estrutura dos telhados por material metálico. Para cada casa, estima-se que sejam utilizadas 3,18 árvores originadas de reflorestamento ou 5,3 nativas. Usar estrutura metálica gera economia entre 60 e 100 mil árvores para cada 20 mil moradias construídas.

Cidade Tiradentes - investimento responsável

Os apartamentos de Cidade Tiradentes, na capital, foram destinados a famílias de favelas e áreas de risco nas zonas leste, norte e central. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) investiu R$ 11,5 milhões na construção dos cinco conjuntos habitacionais. A prefeitura doou os terrenos e selecionou os beneficiários, enquanto que a CDHU construiu por meio de empreiteiras contratadas mediante licitação. Os contemplados assinaram contrato com a companhia e já têm condições de se mudar ainda nesta primeira semana de dezembro.

Desde 2007, aCDHU entregou 4.859 imóveis na zona leste, o que representa investimento de R$ 114,3 milhões. Outras 8.728 moradias são edificadas no momento na região com recursos de R$ 259,5 milhões. A empresa programa a construção de mais 15.952 unidades habitacionais.

Da Assessoria de Imprensa da CDHU

1 Comentário

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "gritar" ;)

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://governo-sp.jusbrasil.com.br/noticias/348239/cdhu-vai-entregar-mais-de-quatro-mil-moradias-neste-mes-em-sp